terça-feira, 12 de abril de 2016

Facebook anuncia novo grande projeto: Bots para o Messenger

Messenger Facebkko
Bots para Messenger

Mark Zuckerberg disse que bots ofereceu vantagens sobre o uso de dezenas de aplicativos especializados


Não mais satisfeito em ser a rede dominante para a nossa espécie, o Facebook agora está cortejando um tipo diferente de usuário: bots. E, eventualmente, você será capaz de falar com eles como se fossem seus companheiros. "Você poderia transferir R$ 100 para o meu irmão, por favor?" você pode pedir ao seu banco um dia. Ou talvez, "você tem camisas azuis no meu tamanho”? Em uma loja de shopping.

Às vezes, eles lhes pedirão coisas também, algo como: "Você quer ouvir as principais histórias de hoje". Neste momento as conversas serão estruturadas, com bots Messenger sugerindo coisas que você pode dizer. Mas o objetivo é conversa natural, e que poderia ser um grande passo.

Se o que o Facebook prometeu em sua conferência de desenvolvedores F8 vier a acontecer, o efeito sobre nossas vidas diárias poderão ser enormes. Um dos bots a ser lançado será um serviço de concierge artificialmente inteligente. "É bot para 99,9%”, mas em seguida, se você tiver um problema, um ser humano pode realmente entrar e resolve-lo.

O Facebook quer que as pessoas usem bots em vez de aplicativos para fazer reservas e compras.

Facebook é uma plataforma que os usuários já falam constantemente, é uma plataforma que já “sabe” o que você gosta o que você quer, e o que você pode desejar no futuro. Incluindo bots nesta mistura poderia ser um divisor de águas real ou talvez possa ser um desastre.

Os usuários podem não gostar da ideia de empresas que atuam como pessoas em espaços normalmente reservados para conversas com nossos amigos por exemplo. Isso provavelmente será feito dado que o Facebook planeja permitir que as empresas encontre-os no Messenger caso elas já têm o seu número de telefone.

Satya Nadella chefe da Microsoft declarou recentemente que "bots serão as novas aplicações".

Mas recentemente a Microsoft sofreu com seu programa de inteligência artificial Tay que foi criado para promover e melhorar a capacidade dos seus serviços online de entender linguagens naturais.

Tay foi lançado no Twitter em 23 de março de 2016, para conversar com jovens entre 18 e 24 anos e usar sua linguagem. Os primeiros testes não impressionaram e ofereceram conversas vazias ou sem sentido. A promessa da empresa era de que “quanto mais você fala mais esperta ela vai ficar”, não foi o que aconteceu.

Provocadores coordenados nos fóruns anônimos 4chan e 8chan, dos quais partem muitas campanhas racistas divertiram-se ao induzi-la a respostas no mesmo teor. Em 16 horas a Microsoft viu-se obrigada a apagar as mensagens mais ofensivas, retirar seu bot da rede e pedir desculpas pelo desastre ocorrido.

E enquanto nós vamos ter que esperar um pouco para ver se bots do Facebook pode viver até as expectativas estabelecidas no F8, está rapidamente se tornando claro que a era App está terminando. Ou, mais especificamente, a era de ter dezenas de aplicativos em seu telefone está chegando ao fim.

Então se prepare todo mundo. Os bots estão chegando, e eles querem desesperadamente ser o seu novo melhor amigo.

Conteúdos Relacionados: